Data Driven: como avançar nesta jornada?
Tempo de leitura: 6 min

A Boxnet e a Layer UP entendem que a jornada data driven é muito ampla e requer tempo e dedicação para que a aplicação traga bons resultados. O tema foi amplamente discutido no evento Data Driven Decision, que apresentou os benefícios e diferenciais de empresas que traçam estratégias a partir de informações consistentes.

Agora no pós-evento, ”A Jornada Data Driven Decision”, unimos forças novamente para debater o assunto em uma mesa-redonda com especialistas da área, promovendo novas discussões e gerando novas percepções sobre o tema.

Reserve em sua agenda o dia 22/09, às 19h, e aprenda a aplicar a eficiência dos dados no dia a dia da sua equipe. Se inscreva e fique por dentro:

Como vimos falando nesses últimos dias, muitos são os desafios e grande é a importância de se tornar orientado a dados. Identificamos algumas etapas fundamentais da jornada Data Driven que serão melhor exploradas na mesa-redonda do evento com especialistas da área, para trazer novos insights sobre o tema.

Definir as metas baseadas em dados

Os dados não são um produto final. Você pode ter todos os dados do mundo sobre os hábitos de compra dos clientes, gostos e desgostos, quantos clientes você ganha e perde por trimestre: nada disso significa nada a menos que você use com sabedoria.

Para integrar dados em suas estratégias de marketing e vendas, você precisará definir metas para seus dados e parâmetros de como eles influenciarão suas decisões.

Os dados são uma ferramenta, um meio para um fim, não o fim em si. Seu melhor uso é ajudá-lo a tomar decisões melhores e mais inteligentes.

Conceder o acesso correto aos dados

O ideal é que qualquer pessoa na empresa que interaja com os clientes tenha acesso aos dados relevantes para sua função.

Por exemplo, o marketing precisa ter acesso à taxa de retorno, à taxa de cliques do e-mail, ao custo médio de aquisição do cliente, entre outros. As vendas precisam ter acesso aos dados de vendas de produtos e serviços. O customer success precisa saber os tempos médios de espera e o tempo para resolução de tíquetes de suporte.

Todas as áreas da empresa podem se beneficiar com o uso de dados. Um grande erro é permitir apenas uma seção da organização tenha acesso aos dados e, ao mesmo tempo, deixar o resto da equipe com absolutamente nada.

Uso de ferramentas para analisar dados

Existe uma série de ferramentas que podem ajudar a obter o máximo dos dados. A plataforma Boxnet, por exemplo, realiza o cruzamento das mais diversas fontes de dados de forma personalizada. Assim, oferece uma visão completa, detalhada, precisa e em tempo real dos resultados dos negócios.

Com ela, a partir de dashboards interativos, é possível acompanhar os indicadores e conferir quais são os pontos positivos e de atenção para antecipar tendências, mudar estratégias e tomar melhores decisões para o futuro. Usamos a tecnologia e o business analytics para entregar a inteligência estratégica que cada negócio precisa.

Usar as ferramentas certas pode transformar seus dados em gráficos bonitos e legíveis que tornam os dados acessíveis a qualquer pessoa que deles precise. Se você não tiver o conjunto de ferramentas certo, é provável que os dados não sejam úteis.

TI como aliada estratégica

A contratação de de especialistas em dados e consultores qualificados ajudam a reformular a abordagem de coleta de dados melhorando todos os aspectos do negócio e fornecendo um modelo sustentável para o futuro.

Por exemplo, analistas de dados podem ajudar a identificar as métricas mais úteis para a empresa rastrear. Podem desenvolver modelos para tomada de decisão baseada em dados e garantir que as escolhas tenham lógica e racionalidade por trás delas. Isso é particularmente importante para os iniciantes em uma estratégia Data Driven.

Alfabetização em dados

Para obter o máximo dos dados disponíveis, você precisa treinar sua equipe em alfabetização de dados.

A alfabetização em dados está se tornando rapidamente um campo importante e existem muitos cursos de treinamento credenciados de qualidade para funcionários. Todos os funcionários que lidam com o cliente devem receber treinamento para que estejam preparados para usar os dados em sua extensão máxima.

Atualização dos dados

Os dados só são úteis se forem recentes. Os hábitos, gastos e capacidade de resposta do cliente a várias técnicas de marketing podem mudar em um curto espaço de tempo. Se novos dados não forem adicionados à pilha, muito provavelmente não haverá proveito máximo dos dados e as tomadas de decisão serão prejudicadas.

Pronto para começar esta transformação? Venha participar do evento e descubra o que os especialistas da área estão falando sobre a importância de ser data driven para os negócios:

Leia mais: Jornada Data Driven, por onde começar?

Compartilhe:

Jéssica Dias Synthes

Sobre o autor

Analista de Conteúdo e Clientes Pleno na Boxnet. Pós-graduanda no curso de especialização em Big Data e Comunicação, bacharela em Comunicação Social - Jornalismo e Tecnóloga em Design Gráfico. Experiências anteriores em Comunicação Interna, Marketing Digital e Assessoria de Imprensa.

Entre em contato

Descubra como a sua empresa pode ser mais analítica.