Transformação analítica, jornada e o futuro da análise de dados
Tempo de leitura: 3 min

Lidar com a grande quantidade de dados produzidos nos dias atuais é um desafio para as empresas em todo o mundo. A Transformação Analítica surge como uma jornada para, apoiada em Business Analytics, Business Intelligence, Inteligência Artificial e Big Data, antecipar tendências, criar cenários e gerar insights.

Essa série de ações podem parecer futuristas demais, porém tomar decisões com base em análises é muito mais interessante do que seguir apenas o instinto.

Big Data

Com a tecnologia sempre em inovação, o ser humano foi capaz de gerar uma quantidade absurda de dados. Essas informações, por muitas vezes, não estão estruturadas em modelos de fácil compreensão ou melhor, precisam ser estudados para serem catalogados de forma precisa.

Estudos apontam que o volume de dados está dobrando a cada dois anos. No início dos anos 2000, falar em Gigabytes parecia de outro mundo. Hoje, a escala de referência é o Terabyte, e quase tocando na barreira do Petabyte.

Para trabalhar nesse cenário, é preciso investimento no tripé: integrar, gerenciar e analisar. Como falamos no parágrafo anterior, estamos trabalhando com um volume de dados tão grande que as tecnologias para extrair, transformar e carregar podem estar em defasagem. Escolher as estratégias e tecnologias correta para coletar, processar e analisar esses elementos é vital para a continuidade da jornada.

 Business Intelligence

Tomar as melhores decisões é uma grande virtude. O Business Intelligence pode ajudar as empresas a chegar nesse ponto, pois através de uma análise qualificada dos dados, torna-se viável identificar tendências do mercado.

Ter um banco de dados onde há o mapa do comportamento dos clientes permite ofertar as melhores condições ou os produtos mais atrativos para determinado público. Com uma grande variedade de ferramentas e possibilidades, o BI pulveriza as ações para a análise de dados, uma vez que executivos, gerentes ou quaisquer outros usuários tem a possibilidade de manipular as aplicações a fim de conseguir gerar seus próprios insights.

 Business Analytics

Analisar o modelo de negócio e identificar eventuais lacunas torna os desafios mais claros e os obstáculos mais conhecidos. Com isso em mente, trabalhar com metodologia preditiva atende essa expectativa.

Após estabelecer quais são os parâmetros consideráveis, cabe aos analistas aplicar uma série de mecanismos para filtrar, testar hipóteses, encontrar possíveis padrões ou desvios, enfim, manejar toda uma rede de dados para projetar cenários reais do que pode acontecer. O segundo passo é buscar as melhores soluções para essa questão, e mensurar para qualificar os resultados.

Transformação Analítica e o futuro

A jornada para o conhecimento e crescimento surge das oportunidades apresentadas pelos dados, a transformação analítica permite uma melhor investigação sobre o vasto universo digital apresentado às empresas. A possibilidade de adoção de estratégias e tomada de decisões mais inteligentes faz com que os resultados colhidos sejam mais consistentes.

Se no passado, Charles Darwin previu a sobrevivência dos mais aptos, a ciência, mais uma vez, mostra que as organizações mais inclinadas à adaptação ao meio têm mais chance de prosperar em cenários muitas vezes imprecisos e imprevisíveis.

Compartilhe:

Kleber Vinícius De Abreu dos Reis

Sobre o autor

Analista de Conteúdo e de Taxonomias na Boxnet. Pós-graduado no curso de Gestão em Marketing e graduação em Comunicação Social - Jornalismo. Viciado em estatísticas nos Esportes.

Posts relacionados
Data driven: vale a pena...

Hoje é o nosso último post de esquenta para o pós evento "DDD: a jornada...

Leia mais >
Data Driven: métodos,...

Implantar a Cultura Data Driven dentro das empresas apresenta muitos desafios....

Leia mais >

Entre em contato

Descubra como a sua empresa pode ser mais analítica.