Análise de requisitos: o estudo das necessidades do usuário
Tempo de leitura: 5 min

A análise de requisitos ou engenharia de requisitos é um processo usado para determinar as necessidades e expectativas de um novo produto. Envolve comunicação frequente com as partes interessadas e usuários finais do produto para definir expectativas, resolver conflitos e documentar todos os requisitos-chave.

Um dos maiores desafios enfrentados por qualquer organização é compartilhar a visão do produto final com os clientes. A análise de requisitos de negócios envolve um esforço de equipe de todos os principais interessados, desenvolvedores de software , usuários finais e gerentes de clientes para alcançar um entendimento compartilhado do que o produto deve fazer. Isso sempre é feito na fase inicial de qualquer projeto para garantir que o produto final esteja em conformidade com todos os requisitos.

O processo de análise de requisitos envolve as algumas etapas:

Processo de Análise de Requisitos

Extração de requisitos

Trata-se do processo de coleta de requisitos por meio da comunicação com os clientes.

Análise

Esta etapa ajuda a determinar a qualidade dos requisitos. Envolve identificar se esses não estão claros, incompletos, ambíguos e/ou contraditórios. Esses problemas precisam ser resolvidos antes de passar para a próxima etapa.

Modelagem

Na modelagem de requisitos, os registros são geralmente documentados em formatos diferentes, como casos de uso, histórias de usuário, documentos de linguagem natural ou especificação de processo.

Revisão e retrospectiva

Esta etapa é conduzida para refletir sobre as iterações anteriores de coleta de requisitos em uma tentativa de fazer melhorias no processo que está por vir.

Técnicas de análise de requisitos

Apontamentos e modelagem de processos de negócios (BPMN)

Essa técnica é semelhante à criação de fluxogramas de processos, embora BPMN tenha seus próprios símbolos e elementos. A modelagem e o apontamento de processos de negócios são usados para criar gráficos que simplificam a compreensão. O BPMN é amplamente popular como sendo uma metodologia de melhoria de processos.

UML (Linguagem de Modelagem Unificada)

A UML consiste em um conjunto integrado de diagramas que são criados para especificar, visualizar, construir e documentar os artefatos de um sistema de software. Na UML, os apontamentos gráficos são usados para representar o design de um projeto de software ajudando também a validar o projeto arquitetônico do software.

Técnica de fluxograma

Um fluxograma representa o fluxo sequencial e a lógica de controle de um conjunto de atividades relacionadas. Os fluxogramas podem aparecer em formatos diferentes, como linear, multifuncional e de cima para baixo. Representam interações do sistema, fluxos de dados, etc. São fáceis de entender e podem ser usados ​​por membros técnicos e não técnicos da equipe. A técnica do fluxograma ajuda a mostrar os atributos críticos de um processo.

Diagrama de fluxo de dados

Essa técnica é utilizada para representar visualmente sistemas e processos complexos e difíceis de descrever em texto. Os diagramas de fluxo de dados representam o fluxo de informações por meio de um processo ou sistema. Também inclui as entradas e saídas de dados, armazenamentos e os vários sub processos pelos quais os registros se movem. Ao visualizar todos os elementos do sistema, é mais fácil identificar quaisquer deficiências. Essas deficiências são então eliminadas em uma tentativa de criar uma solução.

Diagramas de Atividades de Função (RAD)

O diagrama de atividades de funções (RAD) é uma visão de alto nível que captura a dinâmica e a estrutura da função de uma organização. As funções são usadas para agrupar atividades em unidades de responsabilidades. As atividades são as partes básicas de uma função. Uma atividade pode ser realizada isoladamente ou pode exigir coordenação com outras atividades.

Gráficos de Gantt

Os gráficos de Gantt são usados ​​no planejamento do projeto, pois fornecem uma representação visual das tarefas programadas junto com os cronogramas. Os gráficos de Gantt ajudam a saber o que está programado para ser concluído em que data. As datas de início e término de todas as tarefas do projeto podem ser vistas em uma única visualização.

Análise de lacunas de requisitos

A análise de lacunas é uma técnica que ajuda a analisar as lacunas no desempenho de um aplicativo de software para determinar se os requisitos de negócios são atendidos ou não. Também envolve as etapas que devem ser executadas para garantir que todos os requisitos de negócios sejam atendidos com êxito. A lacuna denota a diferença entre o estado atual e o estado de destino. A análise de lacunas também é conhecida como análise de necessidade, avaliação de necessidade ou análise de lacuna de necessidade.

Compartilhe:

Jéssica Dias Synthes

Sobre o autor

Analista de Conteúdo e Clientes Pleno na Boxnet. Pós-graduanda no curso de especialização em Big Data e Comunicação, bacharela em Comunicação Social - Jornalismo e Tecnóloga em Design Gráfico. Experiências anteriores em Comunicação Interna, Marketing Digital e Assessoria de Imprensa.

Entre em contato

Descubra como a sua empresa pode ser mais analítica.